O uso da gallery walk como metodologia ativa em sala de aula: uma análise sistemática no processo de ensino-aprendizagem

Ricael Spirandeli Rocha, Iara Maria Dâmaso Cardoso, Monithelli Aparecida Estevão de Moura

Resumo


A era tecnológica a cada dia evidencia-se por trazer novos recursos e meios digitais no cotidiano humano; com isso, insistir em formas padronizadas no contexto escolar não mais condiz com o atual formato da escola. Pensando nisso, o presente artigo tem como objetivo apresentar a metodologia ativa gallery walk como parte dos novos meios de ensinar. A gallery walk é uma metodologia ativa colaborativa, por meio da qual os estudantes deixam de ser sujeitos estáticos, transformando-se em agentes ativos. A premissa metodológica ocorre a partir de estudo sistemático, analisando sete relatos de experiências de textos científicos envolvendo a aplicação da gallery walk em contexto documental de escolas municipais, estaduais e universidades da cidade de Uberaba-MG, publicados em dois livros. Somando-se com as contribuições dos autores GARCÊS (2015) e RODENBAUGH (2015), conclui-se que a gallery walk se destaca mostrando como o sujeito pode colaborar com o outro sobre um determinado conhecimento, abordando a colaboração e o efeito criativo e interativo no contexto escolar.

Palavras-chave: Ensino aprendizagem. Gallery walk. Metodologias ativas.


Texto completo:

PDF

Referências


ANDERSON, Harllene. Uma perspectiva colaborativa sobre ensino e aprendizado: a criação de comunidades de aprendizado criativo. Nova Perspectiva Sistêmica, v. 20, n. 41, p. 35-53, 2011.

ATALLAH, AN; CASTRO AA. Revisão Sistemática e Metanálises: Evidências para melhores decisões clínicas. São Paulo. Lemos Editorial 1998.

BACICH, Lilian; MORAN, José. Metodologias ativas para uma educação inovadora: uma abordagem teórico-prática. Porto Alegre: Penso Editora, 2018.

BERBEL, Neusi Aparecida Navas. As metodologias ativas e a promoção da autonomia de estudantes. Semina: Ciências Sociais e Humanas, Londrina, v. 32, n. 1, p. 25-40, 2011.

BRANSFORD, John D. et al. How people learn. Washington, DC: National academy press, 2000.

CAMARGO, Victor Claudio Bento. Avaliação colaborativa em uma aplicação de um estudo de caso em sistemas de informação. Aprendizagem Centrada nos Estudantes no Ensino Superior. Uberlândia, ed. 1, p.83-90, jan. 2018.

FRANCEK, Mark. Promoting Discussion in the Science Classroom Using Gallery Walks. Journal of College Science Teaching, v. 36, n. 1, 2006.

FRANCEK, Mark. "What is Gallery walk?". Starting Point-Teaching Entry Level Geoscience. Retrieved 12 September 2015. Disponível em: https://serc.carleton.edu/introgeo/gallerywalk/what.html. Acesso em: 14 abr. 2019.

FREIRE P. Pedagogia do oprimido. 17ª ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra; 1987.

GARCÊS, Bruno. “Gallery walk – Galerias de ideias”. In: Bruno Garcês – Learning Journal. This is my learning journal of the Vocational Educational and Training - Teachers for the Future. 2015. Disponível em: http://brunolearningjournal.blogspot.com/p/gallery-walk.html. Acesso em: 10 abr. 2019.

GARCÊS, Bruno Pereira. Aprendizagem centrada nos estudantes da Educação Básica. Uberlândia-MG: Edibrás, 2018. 118p.; il.; ISBN 978-85-67803-59-3.

GARCÊS, Bruno Pereira. Aprendizagem centrada nos estudantes no Ensino Superior. Uberlândia-MG: Edibrás, 2018. 134p.; il.; ISBN: 978-85-67803-58-6.

GONÇALVES, Letícia Dias dos Anjos. Aplicação do método gallery walk em disciplina do curso superior de engenharia de alimentos. Aprendizagem Centrada nos Estudantes no Ensino Superior. Uberlândia, ed. 1, p.35-40, jan. 2018.

KEGAN, Robert. What “form” transforms? A constructive-developmental approach to transformative learning. In: Contemporary theories of learning. Routledge, 2009. p. 43-60.

LEAL, Simone das Graças et al. Gallery walk – uma vivência no mestrado em educação. Aprendizagem Centrada nos Estudantes no Ensino Superior. Uberlândia, ed. 1, p.75-77, jan. 2018.

MENDONÇA, Jéssica Teixeira de. Método colaborativo de aprendizagem no ensino de inglês da escola pública no ensino fundamental II. In: Aprendizagem centrada nos estudantes da Educação Básica. Uberlândia-MG: Edibrás, 2018. p. 35-42.; il.; ISBN 978-85-67803-59-3.

MITRE, Sandra Minardi et al. Metodologias ativas de ensino-aprendizagem na formação profissional em saúde: debates atuais. Ciência & saúde coletiva, v. 13, p. 2133-2144, 2008. Disponível em: https://www.scielosp.org/pdf/csc/2008.v13suppl2/2133-2144/pt. Acesso em: 12 abr. 2019.

MOLL, Luis C. Vygotsky e a Educação: Implicações pedagógicas da psicologia sócio-histórica. 2. ed. Porto Alegre: Artmed, 2002.

MORAN, José Manuel. Informática na Educação: teoria & prática. Porto Alegre, v. 3, n. 1, p. 137-144, 2000.

MORAN, José Manuel. Mudando a educação com metodologias ativas. Coleção Mídias Contemporâneas. Convergências Midiáticas, Educação e Cidadania: aproximações jovens, v. 2, p. 15-33, 2015. Disponível em: http://www2.eca.usp.br/moran/wp-content/uploads/2013/12/mudando_moran.pdf . Acesso em: 10 abr. 2019.

OLIVEIRA, Bruno Tiago. Gallery walk como estratégia de Ensino no ensino médio da rede Pública. In: Aprendizagem centrada nos estudantes da Educação Básica. Uberlândia-MG: Edibrás, 2018. p. 15-18; il.; ISBN 978-85-67803-59-3.

OLIVEIRA, Loreda Moisés Barbosa. Utilização de contraceptivos de emergência por adolescentes e adultos jovens: revisão sistemática da literatura. 2017.

OLIVEIRA, Najara Aparecida de. Gallery walk: a utilização da aprendizagem colaborativa na formação de professores. In: Aprendizagem centrada nos estudantes da Educação Básica. Uberlândia-MG: Edibrás, 2018. p. 63-65.; il.; ISBN 978-85-67803-59-3.

PANITZ, Ted. A definition of collaborative vs cooperative learning. 1996. Disponível em: http://colccti.colfinder.org/sites/default/files/a_definition_of_collaborative_vs_cooperative_learning.pdf . Acesso em: 12 abr. 2019.

RODENBAUGH, David W. Maximize a team-based learning Gallery walk experience: herding cats is easier than you think. Advances in Physiology Education. vol. 39. Issue 4. 01. dec. 2015. Disponível em: https://www.physiology.org/action/doSearch?AllField=Maximize+a+team-based+learning+gallery+walk+experience%3A+herding+cats+is+easier+than+you+think&SeriesKey=advances. Acesso em: 16 abr. 2019.

RODRIGUES, Neidson. Educação: da formação humana à construção do sujeito ético. Educação & Sociedade, v. 22, n. 76, p. 232-257, 2001. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/es/v22n76/a13v2276.pdf. Acesso em: 5 abr. 2019.

RUAS, Hilara Niemeyer; GARCÊS, Rayana Vasconcelos Furtado; CORDEIRO, Valdelice Ramos. Bullying no ambiente escolar: aplicação da técnica Gallery walk. In: Aprendizagem centrada nos estudantes da Educação Básica. Uberlândia-MG: Edibrás, 2018. p. 19-23.; il.; ISBN 978-85-67803-59-3.

SUNAGA, A; CARVALHO, C. S. de. As tecnologias digitais no ensino híbrido. Ensino híbrido: personalização e tecnologia na educação. Porto Alegre: Penso, p. 141-154, 2015.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 
Atribuição 

CC BY

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Esta licença permite que outros distribuam, remixem, adaptem e criem a partir do seu trabalho, mesmo para fins comerciais, desde que lhe atribuam o devido crédito pela criação original. 

Contato:
Revista Sítio Novo
Kallyana Moraes Carvalho Dominices
Editora-Chefe
Instituto Federal do Tocantins - Reitoria
Avenida Joaquim Teotônio Segurado, Quadra 202 sul, ACSU-SE 20, Conjunto 01, Lote 08 - Plano Diretor Sul
Palmas, Tocantins - Brasil
Cep: 77.020-450
Telefone: 63 3229-2214

e-ISSN: 2594-7036

 

Bases de Dados, Diretórios, Repositórios e/ou Indexadores

 GoogleScholar  BASE - Bielefeld Academich Search EngineResultado de imagem para logo cabi abstracts