Erosão hídrica em um Latossolo Vermelho-Amarelo sob diferentes sistemas de manejo e chuva simulada

Julieta Bramorski, Silvio Crestana

Resumo


A erosão do solo é considerada um dos maiores problemas ambientais em nível global. A erosão hídrica atua mais fortemente na degradação dos solos agrícolas, cujo manejo pode influenciar as perdas de solo e água. Contabilizar as perdas por erosão e entender os fatores determinantes no processo possibilitam o delineamento de práticas agrícolas que promovam a conservação dos recursos do solo. Neste sentido, o objetivo deste estudo foi avaliar as perdas de solo e água em condições distintas de intensidade de chuva e tipo de manejo do solo, sob chuva simulada, em um Latossolo Vermelho-Amarelo. O experimento foi conduzido em parcelas experimentais de 3,5 m de largura e 11 m de comprimento, com 2 tratamentos e 3 repetições, sob chuva simulada. Os tratamentos utilizados foram solo sem preparo e solo com preparo convencional. Foram aplicadas 3 chuvas sucessivas, com intervalo de 24 horas entre elas, com intensidades de 30 mm.h-1, 30 mm.h-1 e 70 mm.h-1. O escoamento superficial foi coletado ao final de cada chuva, tendo seu volume e concentração de sedimentos determinados em laboratório. Os resultados mostraram que os diferentes manejos empregados influenciaram as perdas de solo, com as maiores perdas verificadas em solo sem manejo. A maior intensidade de chuva condicionou maiores perdas de água tanto em solo sem preparo como em solo com preparo convencional. O escoamento superficial determina as perdas de solo até certo ponto, a partir do qual outras variáveis, como cobertura vegetal, influenciam mais fortemente as perdas por erosão hídrica.

Palavras-chave: Chuva simulada. Manejo do solo. Perda de água e solo.


Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, W.S. et al. Erosão hídrica em diferentes sistemas de cultivo e níveis de cobertura do solo. Pesq. agropec. bras., Brasília, v. 51, n. 9, p. 1110-1119, 2016.

AYER, J. E. B. et al. Erosão hídrica em Latossolos Vermelhos distróficos. Pesq. Agropec. Trop., Goiânia, v. 45, n. 2, p. 180-191, 2015.

AZEVEDO, A. C.; BONUMÁ, A. S. Partículas coloidais, dispersão e agregação em latossolos. Ciência Rural, Santa Maria, v. 34, n. 2, p. 609-617, 2004.

BRAMORSKI, J. Avaliação da perda de solo e fertilizantes nitrogenados por erosão em áreas agrícolas: uma abordagem integrada e experimental dos fatores intervenientes no processo. 2007. 201 p. Tese (Doutorado) - Universidade de São Paulo, São Carlos, 2007.

CAMERON, K.C. et al. Nitrogen losses from the soil/plant system: a review K.C. Ann Appl Biol, 162: 145-173, 2013.

CANTALICE, J.R.B. et al. Interrill erosion and roughness parameters of vegetation in rangelands. Catena, v. 16, p.1-7, 2016.

CASTRO, L. G. et al. Alterações na rugosidade superficial do solo pelo preparo e pela precipitação e sua relação com a erosão hídrica. Revista Brasileira Ciência do Solo, Viçosa, MG, v. 30, n. 3, p. 339-352, 2006.

DECHEN, S. C. F; et al. Perdas e custos associados à erosão hídrica em função de taxas de cobertura do solo. Bragantia, Campinas, v. 74, n. 2, p. 224-233, 2015.

DEFERSHA, M.; MELESSE, A.M. Field-scale investigation of the effect of land use on sediment yield and surface runoff using runoff plot data and models in the Mara River basin, Kenya, Catena, 89: 54-64, 2012.

DENARDIN, J. E. et al. “Vertical mulching” como prática conservacionista para manejo de enxurrada em sistema plantio direto. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, v. 32, p. 2847-2852, 2008.

FRANKLIN, D., et al. Nitrogen and phosphorus runoff losses from variable and constant intensity rainfall simulations on loamy sand under conventional and strip tillage systems. J. Environ. Qual., 36, 846–854, 2007.

GARBIATE, M.V.; et al. Erosão entre sulcos em área cultivada com cana crua e queimada sob colheita manual e mecanizada. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 35, p. 2145-2155, 2011.

KALKHOFF, S.J., et al. Effect of variable annual precipitation and nutrient input on nitrogen and phosphorus transport from two Midwestern agricultural watersheds. Sci. Total Environ. 559, 53-62, 2016.

LASSU, T. et al. The wageningen rainfall simulator: set-up and calibration of an indoor nozzle-type rainfall simulator for soil erosion studies. Land Degrad. Dev. 26, 604–612, 2015.

LEITE, D. et al. Erosão hídrica em um nitossolo háplico submetido a diferentes sistemas de manejo sob chuva simulada. I - perdas de solo e água. R. Bras. Ci. Solo, 28:1033-1044, 2004.

LIMA, C.A. et al. Characteristics of rainll and erosion under natural. Engenharia na Agricultura, v. 27, n. 3, p. 272-283, 2013.

OLIVEIRA, A. H. et al. Water erosion in soils under eucalyptus forest as affected by development stages and management systems. Ciência e Agrotecnologia, v. 37, n. 1, p. 159-169, 2013.

OLIVEIRA, J, G. R. et al. Erosão no plantio direto: perda de solo, água e nutrientes. Bol. Geogr. v. 30, n 3, p. 91-98, 2012.

PANACHUKI, E. et al. Perdas de solo e de água e infiltração de água em Latossolo Vermelho sob sistemas de manejo. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 35, p. 1777- 1785, 2011.

PANACHUKI, E. et al. Rugosidade da superfície do solo sob diferentes sistemas de manejo e influenciada por chuva artificial. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 34, p. 443-451, 2010.

PINHEIRO A.G. et al. Eficiência da cobertura vegetal na redução das perdas de água e solo no município de Iguatu. Irriga, Botucatu, v. 23, n. 1, p. 133-142, janeiro-março, 2018.

RAMOS, J. C. et al. Influência das condições de superfície e do cultivo do solo na erosão hídrica em um cambissolo húmico. R. Bras. Ci. Solo, 38:1587-1600, 2014.

SCHLESINGER, W.H. On the fate of anthropogenic nitrogen. Proceedings of the National Academy of Sciences of the United States of America, 106, 203–208, 2009.

SILVA, J. R. I. et al. Efeito de diferentes usos do solo na erosão hídrica em região semiárida. Engenharia na Agricultura, v. 27, n. 3, p. 272-283, 2019.

SWANSON, N.P. Suggestions for use of the rotating-boom field plot rainfall simulator to obtain data for application of the soil loss equation. Entre-Rios, FAO, 1975. 65p.

TARTARI, D. T. et al. Perda de solo e água por erosão hídrica em Argissolo sob diferentes densidades de cobertura vegetal. Revista Brasileira de Agroecologia, [S.l.], v. 7, n. 3, dec. 2012.

THOMAZINI, A. et al. Perdas de solo, água e nutrientes em sistemas conservacionistas e convencionais de café no sul do estado do Espírito Santo. Rev. Bras. de Agroecologia, 7(2): 150-159, 2012.

WANG, G. et al. Role of soil erodibility in affecting available nitrogen and phosphorus losses under simulated rainfall. Journal of Hydrology, 514, 180-191, 2014.

ZHAO, X. et al. Effects of vegetation cover of natural grassland on runoff and sediment yield in loess hilly region of China. Journal of the Science of Food and Agriculture, v. 94, n. 3, p. 497-503, 2014.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 
Atribuição 

CC BY

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Esta licença permite que outros distribuam, remixem, adaptem e criem a partir do seu trabalho, mesmo para fins comerciais, desde que lhe atribuam o devido crédito pela criação original. 

Contato:
Revista Sítio Novo
Kallyana Moraes Carvalho Dominices
Editora-Chefe
Instituto Federal do Tocantins - Reitoria
Avenida Joaquim Teotônio Segurado, Quadra 202 sul, ACSU-SE 20, Conjunto 01, Lote 08 - Plano Diretor Sul
Palmas, Tocantins - Brasil
Cep: 77.020-450
Telefone: 63 3229-2214

e-ISSN: 2594-7036

 

Bases de Dados, Diretórios, Repositórios e/ou Indexadores

 GoogleScholar  BASE - Bielefeld Academich Search EngineResultado de imagem para logo cabi abstracts