The granulometry of the sediments of the sandy beaches of Santos (SP)

Victor Vasques Ribeiro, Ingryd Fernandes Blanco

Resumo


Beaches are transitions between terrestrial and marine environments and primordial ecosystems influenced by several natural and anthropic factors. The transport and deposition of sediments on beaches is due to the processes that the near bodies of water suffered in the recent past. This study aimed to analyze the hydrodynamics of the bodies of water in the region of Santos (SP) by determining calcium carbonate content and sediment granulometry. The sediments of eight points were sampled and analyzed. The sediments had the prevailing diameter Very Thin (0.063 mm) and Thin (0.125 mm). No Gravel (2.0 mm) were found. The hydrodynamics of water bodies in the region is low, as has been previously proven in other studies. With the exception of Ponta da praia with similar results, the sediments of the other points presented higher calcium carbonate levels when compared to previous studies. The beaches of Santos still represent predominantly salicylic environments; however, the increase in calcium carbonate content may have provided a better environment for formations and gradual adaptations of certain species of organisms, which accompany such sediment changes.

Keywords: Granulometry. Hydrodynamics. Sediment.


Texto completo:

PDF (English)

Referências


CALLIARI, L. J. et al. Morfodinâmica praial: uma breve revisão. Revista Brasileira de Oceanografia, v. 51, p. 63-78, 2003.

CAMPOLIM, M. B. et al. Metal trace elements in mussels in Urubuqueçaba Island, Santos Bay, Brazil. Pesquisa agropecuária brasileira, v.52, n. 12, p. 1131-1139, 2017. Trabalho de Conclusão de Curso Trabalho de Conclusão de Curso apresentado ao Departamento de Oceanografia e Ecologia da Universidade Federal do Espírito Santo, como requisito parcial para obtenção do grau de bacharel em Oceanografia

COUTINHO, M. S. Diversidade da macrofauna bentônica de praias arenosas na Apa Costa das Algas-ES, Brasil. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Oceanografia, Universidade Federal do Espírito Santo, 44f., 2013.

DIAS, J. A. Análise Sedimentar e o Conhecimento dos Sistemas Marinhos: Uma Introdução à Oceanografia Geológica. São Paulo: Research Gate, 2004.

DIAS, M. S. Análise do comportamento de edifícios apoiados em fundação direta no bairro da Ponta da Praia na cidade de Santos. Dissertação (Mestrado) - Engenharia de Estruturas e Geotécnica, Universidade de São Paulo, São Paulo, 145 f., 2010.

ELLIFF, C. I. et al. Classificação Morfodinâmica da Praia do Gonzaga, Santos, São Paulo, Brasil. Cadernos de Geociências, v. 10, p. 133-138, 2013.

FARINACCIO, A. Impactos na dinâmica costeira decorrentes de intervenções em praias arenosas e canais estuarinos de áreas densamente ocupadas no litoral de São Paulo: uma aplicação do conhecimento a áreas não ocupadas. Tese (Doutorado em Oceanografia Química e Geológica) - Instituto Oceanográfico, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2008.

FARINNACIO, A; CAZZOLY Y GOYA, S; TESSLER, M. G. Variations of the shoreline on Santos and São Vicente bays. Quaternary and Environmental Geosciences, v. 1, n.1, p. 42-48, 2009.

GARRISON. et al. Ground-Penetrating Radar Study of North Padre Island: Implications for Barrier Island Internal Architecture, Model for Growth of Progradational Microtidal Barrier Islands, and Gulf of Mexico Sea-Level Cyclicity. Journal of sedimentary research, v. 90, n. 4, p. 303-319, 2010.

GREGORIO, H. P. Modelagem numérica da dispersão da pluma do emissário submarino de Santos. Dissertação (Mestrado em Oceanografia Física) - Instituto Oceanográfico, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009.

HARARI, J; CAMARGO, R. Modelagem numérica da região costeira de Santos (SP): circulação de maré. Revista brasileira de oceanografia, v. 46, n. 2, p. 135-156, 1998.

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo demográfico. Disponível em: http://www.ibge.gov.br/cidadesat. Acesso em: 01 maio 2018.

ITALIANI, D. M. Resposta morfodinâmica à alimentação artificial da Ponta da Praia, Santos, SP. Dissertação (Mestrado) - Curso de Ciências, Instituto Oceanográfico, Universidade de São Paulo, São Paulo, 81 f., 2014.

KING, C. A. M. Beaches and Coasts. London: Edward Arnold Ltd., 1959.

KING, C. A. M. Beaches and Coasts, 2nd ed. London: Edward Arnold Ltd., 1972.

KOMAR, P. D. Beach Processes and Sedimentation. New Jersey: Prentice-Hall, 1976.

LEÃO, Z. M. A. N. Morphology, geology and developmental history of the southernmost coral reefs of Western Atlantic, Abrolhos Bank, Brazil. Dissertação (Doutorado) - Marine and Atmospheric Science, University of Miami, 218 p, 1982.

LEÃO, Z. M. A. N; GINSBURG, R .N. 1997. Living reefs surrounded by siliciclastic sediments: The Abrolhos coastal reefs, Bahia, Brazil. In. Proceedings of 8 th Int. Coral Reef Sym., p.1767-1772, 1997.

MAGINI, C; HARARI, J; ABESSA, D. M. S. Circulação recente de sedimentos costeiros nas praias de Santos durante eventos de tempestades: dados para a gestão de impactos físicos costeiros. Geociências, v. 26, n. 4, p.349-355, 2007.

MENDES, J. N. V; PINHO, J. L. S. Erosão Costeira: Metodologias para sua Quantificação. Engenharia Civil da Universidade do Minho, n. 33, p. 139-150, 2008.

MUEHE, D. Estado morfodinâmico praial no instante da observação: uma alternativa de identificação. Revista Brasileira de Oceanografia, v. 46, n. 2, p. 157-169, 1998.

MUEHE, D. Erosão e Progradação no litoral brasileiro. Brasília: MMA, 2006.

MUEHE, D. Geomorfologia Costeira. Cap. 6. In: Geomorfologia: uma atualização de bases e conceitos. Rio de Janeiro: Bertrand, p. 253-308, 1994.

NEVES, C. F; MUEHE, D. Vulnerabilidade, impactos e adaptação a mudanças do clima: a zona costeira. In: Mudança do clima no Brasil: vulnerabilidade, impactos e adaptação. Centro de Gestão e Estudos Estratégicos, n. 27, p. 217-297, 2008.

PRESS, F. et al. Para entender a Terra - 4 ed. Porto Alegre: Bookman, Trad Menegat et al. IG/UFRGS, 2006.

SIGAM – Sisetma Integrado de Gestão ambiental do Estado de São Paulo. Diagnóstico Técnico - Produto 2, Meio Físico – APAMLN. 2014.

SILVA, A. S. Evolução da sedimentação nos recifes costeiros de Abrolhos nas últimas décadas. Dissertação (Mestrado) – Ciências em Geologia, Universidade Federal da Bahia, 114 f., 2011.

SILVA, L. C. F; QUIÑONES, E. M. Influência dos aspectos demográficos e climáticos na qualidade das águas das praias de Santos, SP, Brasil. Revista Ceciliana, v. 4, n. 1, p. 60-67, 2012.

SOUZA, C. R. G. Variabilidade morfológica e granulométrica e balanço sedimentar de uma praia em rotação praial. Quaternary and Environmental Geosciences, v. 6, n. 1, p. 01-19, 2015.

SUGUIO, K. Introdução a sedimentologia. São Paulo: Ed. Edgard Blücher, 1973.

SUGUIO, K. Geologia Sedimentar. São Paulo: Editora Blucher, 2003.

VENANCIO, K. K. Evolução hidromorfodinâmica da região da Ponta da Praia em Santos – SP, no período entre 2009 e 2017. Dissertação (Mestre em Engenharia Civil) - Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo, Unicamp, Campinas, 2018.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 
Atribuição 

CC BY

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Esta licença permite que outros distribuam, remixem, adaptem e criem a partir do seu trabalho, mesmo para fins comerciais, desde que lhe atribuam o devido crédito pela criação original. 

Contato:
Revista Sítio Novo
Kallyana Moraes Carvalho Dominices
Editora-Chefe
Instituto Federal do Tocantins - Reitoria
Avenida Joaquim Teotônio Segurado, Quadra 202 sul, ACSU-SE 20, Conjunto 01, Lote 08 - Plano Diretor Sul
Palmas, Tocantins - Brasil
Cep: 77.020-450
Telefone: 63 3229-2214

e-ISSN: 2594-7036

 

Bases de Dados, Diretórios, Repositórios e/ou Indexadores

 GoogleScholar  BASE - Bielefeld Academich Search EngineResultado de imagem para logo cabi abstracts