Canção popular brasileira como instrumento de ensino-aprendizagem de Língua Portuguesa no Ensino Médio Integrado

Danilo Marcus Barros Cabral, Rivadávia Porto Cavalcante, Jair José Maldaner

Resumo


O presente artigo é fruto de um estudo do ementário da disciplina de Língua Portuguesa dos cursos técnicos de nível médio Edificações e Agropecuária do Campus Conceição do Araguaia - Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Pará (IFPA). Seus objetivos estão direcionados à compreensão das proposições da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e das sugestões da Carta da Associação Brasileira de Educação Musical (ABEM), concernentes ao papel da música: “canção popular brasileira” em processos educacionais. Além disso, o estudo está direcionado a uma proposta de atualização da organização curricular dos cursos citados, com foco no ementário de Língua Portuguesa. A base teórico-conceitual do trabalho está fundamentada nos princípios de educação/formação integral segundo os princípios marxianos, de língua e de linguagens enquanto práticas sociais conforme os aportes vygostskianos e bakhtinianos. Trata-se de uma pesquisa documental que explorou textos oficiais do governo federal e textos de instituições educacionais. Realizou-se pesquisa bibliográfica sobre referenciais teórico-metodológicos sobre a temática. O resultado do trabalho analítico indica que as propostas da ABEM são mais inclusivas do que as da BNCC e que o ementário investigado contempla apenas conteúdos específicos de Língua portuguesa, os gêneros literários desvinculados da linguagem oral, normas gramaticais e ausência de articulação/integração com os gêneros musicais, o que sinaliza para o entendimento de que se faz premente a atualização do referido ementário em sintonia com eixos estruturantes de um currículo que integre conhecimentos condizentes com as dimensões da vida humana: trabalho, ciência, cultura e tecnologia, para o desenvolvimento pleno dos estudantes.


Palavras-chave


Ensino de linguagens. Ensino Médio Integrado. Música e linguagens. Organização curricular.

Texto completo:

PDF

Referências


ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO MUSICAL. Proposta para a Base Nacional Comum Curricular. João Pessoa, 2016. Disponível em: http://www.abemeducacaomusical.com.br/docs/Proposicoes_da_ABEM_para_a_BNCC.pdf. Acesso em: 23 dez. 2019.

BAKHTIN, Mikhail. Os gêneros do discurso. Paulo Bezerra (Organização, Tradução, Posfácio e Notas); Notas da edição russa: Seguei Botcharov. São Paulo: Editora 34, 2016. 164p.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Brasília, DF:

Ministério da Educação, 2018. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/conselho-nacional-de-

educacao/base-nacional-comum-curricular-bncc-etapa-ensino-medio. Acesso em: 14 dez. 2019.

BRASIL. Decreto n.º 5.154, de 23 de julho de 2004. Regulamenta o § 2º do art. 36 e os arts. 39 a 41 da Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, e dá outras providências. Brasília, DF: Presidência da República, 2004. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2004/decreto/d5154.htm. Acesso em: 22 dez. 2019.

BRASIL. Lei n.º 11.769, de 18 de agosto de 2008. Altera a Lei n.° 9.394, de 20 de dezembro de 1996, Lei de Diretrizes e Bases da Educação, para dispor sobre a obrigatoriedade do ensino da música na educação básica. Brasília, DF: Presidência da República, 2008. Disponível em: http:// http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2008/Lei/L11769.htm. Acesso em: 22 dez. 2019.

BRASIL. Lei n.º 13.278 de 02 de maio de 2016. Altera o § 6º do art. 26 da Lei n.º 9.394, de 20 de dezembro de 1996 que fixa as diretrizes e bases da educação nacional, referente ao ensino de Arte. Brasília: Presidência da República, 2016.

BRASIL. Lei n.º 13.415, de 16 de fevereiro de 2017. Altera as Leis n º 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, e 11.494, de 20 de junho 2007, que regulamenta o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação, a Consolidação das Leis do Trabalho - CLT, aprovada pelo Decreto-Lei n.º 5.452, de 1º de maio de 1943, e o Decreto-Lei n.º 236, de 28 de fevereiro de 1967; revoga a Lei n.º 11.161, de 5 de agosto de 2005; e institui a Política de Fomento à Implementação de Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral. Brasília, DF: Presidência da República, 2017. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2017/Lei/L13415.htm. Acesso em: 29 dez. 2019.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular: Ensino Médio. Brasília: MEC/Secretaria de Educação Básica, 2017. 600p.

BRASIL. Serviço Público Federal. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará. IFPA. Projeto Pedagógico do Curso Técnico em Edificações e Agropecuária Integrado ao Ensino Médio. 2017. Disponível em: http://conceicaodoaraguaia.ifpa.edu.br/docman/ppcs/1362-ppc-agrop-integrado versao-2014-turma-f218xa/file. Acesso em: 29 dez. 2019.

COSTA, Nelson de Barros. Canção popular e ensino da língua materna: O gênero canção nos parâmetros curriculares da língua portuguesa. Linguagem em (Dis)curso, Tubarão, v. 4, n. 1, p. 9-36, jul./dez. 2003.

COBALCHINI, E.P.O; DIAS, L.C.F. Gênero textual canção, em sala de aula, provocando o despertar do leitor crítico. Programa de Desenvolvimento Educacional – SEED. UNICENTRO, Guarapuava – PR, 2007.

FREIRE, Paulo. A importância do ato de ler: em três artigos que se completam. 23. ed. São Paulo: Autores Associados, Cortez, 1989.

GRAMSCI, Antônio. Cadernos do cárcere. Volume 2: Os intelectuais. O princípio educativo. Jornalismo. Tradução de Carlos Nelson Coutinho. 3. ed. Civilização Brasileira: Rio de Janeiro, 2004.

MERCEDES, T.C. Interpretando o amor através do gênero canção. 2013. 40 f. Produto – (Unidade Didática) – Universidade estadual de Ponta Grossa, Ponta Grossa, 2013.130p.

MOURA, Dante Henrique. A organização curricular do ensino médio integrado a partir do eixo estruturante: trabalho, ciência, tecnologia e cultura. Revista Labor. v.1, n.7, p. 1-19, 2012.

MUNIZ, Humberto William Alves. O ensino de música na educação básica: a implementação da Lei Federal n.º 11.769/2008 na rede estadual de São Paulo. Ribeirão Preto, 2017. 161 f. Dissertação de Mestrado (em Educação). Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto/USP, 2017.

NOVA ESCOLA. ORG. Propostas em língua portuguesa focam na gramática e nos gêneros digitais, 2019. Disponível em: https://novaescola.org.br/base/conteudo/22/propostas-em-lingua-portuguesa-focam-na-gramatica-e-nos-generos-digitais. Acesso em 6 set. 2019.

RAMOS, Marise. Ensino Médio Integrado: ciência, trabalho e cultura na relação entre educação profissional e educação básica. In: MOLL, Jaqueline et al. Educação profissional e tecnológica no Brasil contemporâneo: desafios, tensões e possibilidades. Porto Alegre: Artmed, 2010. Cap. 2, p. 42 - 58.

SACRISTÁN, José Gimeno.(org.). Saberes e incertezas sobre o currículo. São Paulo: Penso, 2013.

SILVA, Fábio Dias. Nas entrelinhas do gênero canção: estratégias para a formação de um leitor proficiente / Fábio Dias da Silva. - 2018. 142 f. Dissertação (mestrado em Letras e Artes) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, 2018.

SOARES, Magda Becker. Letramento: um tema em três gêneros. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2010. 128p.

TONÁCIO, Glória de Melo. A perspectiva sócio-histórica e a Educação: um diálogo com Bakhtin e Vygotsky. Aprender - Cad. de Filosofia e Psic. da Educação Vitória da Conquista Ano IV, n. 7, p. 89-118, 2006.

VYGOTSKY, Lev Semenovich. A construção do pensamento e da

linguagem. São Paulo: Martins Fontes, 2000.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 
Atribuição 

CC BY

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Esta licença permite que outros distribuam, remixem, adaptem e criem a partir do seu trabalho, mesmo para fins comerciais, desde que lhe atribuam o devido crédito pela criação original. 

Contato:
Revista Sítio Novo
Kallyana Moraes Carvalho Dominices
Editora-Chefe
Instituto Federal do Tocantins - Reitoria
Avenida Joaquim Teotônio Segurado, Quadra 202 sul, ACSU-SE 20, Conjunto 01, Lote 08 - Plano Diretor Sul
Palmas, Tocantins - Brasil
Cep: 77.020-450
Telefone: 63 3229-2214

e-ISSN: 2594-7036

 

Bases de Dados, Diretórios, Repositórios e/ou Indexadores

 GoogleScholar  BASE - Bielefeld Academich Search EngineResultado de imagem para logo cabi abstracts