A dimensão ética na formação em Odontologia no Brasil: panorama e vertentes

Ricardo Rodrigues Werneck

Resumo


A formação ética é complexa, desafiadora e merecedora de estudos cuidadosos e criteriosos, de forma a tornar explícita sua condução, nas mais diversas dimensões. Nesta perspectiva, objetivou-se aqui revisar criticamente a literatura acerca do panorama atual da dimensão ética e suas vertentes na formação em Odontologia no Brasil. Assim, foi empreendida uma revisão em publicações recentes que mostrassem maior pertinência. A seleção dos trabalhos seguiu o critério da relevância e atualidade, acrescentando as leis e portarias governamentais de interesse. Para apresentar os resultados desta revisão, optou-se por dividi-la em categorias temáticas, que revelaram carência por parte do egresso quanto aos conhecimentos relacionados à ética; direcionamento dos conteúdos ético-humanísticos a disciplinas sociais; abordagem da ética, geralmente sob o aspecto normativo, estabelecendo as regras a serem seguidas no exercício profissional; prevalência do modelo biomédico de formação; inserção de conteúdos humanísticos por alguns professores; inserção do conteúdo ético de forma transversal e inclusão das disciplinas de Bioética e de Ética Profissional nas grades curriculares de 31,3% e de 54,9% das Faculdades de Odontologia, respectivamente. Neste contexto, pode-se inferir que a presença de boas práticas em poucas faculdades denota certa falta de cuidado e atenção quanto ao planejamento e condução do ensino da ética por parte dos coordenadores e professores das Faculdades de Odontologia brasileiras.


Palavras-chave


Ética. Ensino. Mercado de trabalho. Odontologia comunitária.

Texto completo:

PDF

Referências


ARAÚJO, R. M.; FEITOSA, F. A. Articulando o ensino de graduação em Odontologia com a extensão universitária. Revista Ciência em Extensão, v. 9, n. 3, p.115-124, 2013. Disponível em: https://ojs.unesp.br/index.php/revista_proex/article/view/799. Acesso em: 18 out. 2019.

BERNARDINO JÚNIOR, R. Docência universitária: o cirurgião dentista no curso de Odontologia. Tese [Doutorado] – Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2011.

BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Câmara de Educação Superior. Diretrizes curriculares nacionais do curso de Graduação em Odontologia. Diário Oficial da União, Brasília, seção 1, p. 10, [2002]. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/CES032002.pdf. Acesso em: 18 out. 2019.

BRASIL. Lei n° 9394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da União, Brasília [1996]. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm. Acesso em: 18 out. 2013.

BRASIL. Portaria Interministerial MS/MEC nº 2.101, de 3 de novembro de 2005a. Institui o Programa Nacional de Reorientação da Formação Profissional em Saúde - Pró-Saúde - para os cursos de graduação em Medicina, Enfermagem e Odontologia. Diário Oficial da União, Brasília [2005]. Disponível em: http://www.portaleducacao.com.br/odontologia/artigos/3454/portaria-interministerial-ms-mec-n-2101-de-3-de-novembro-de-2005#ixzz2i10lN98Q. Acesso em: 17 out. 2013.

BRASIL. Portaria Interministerial MS/MEC nº 2.118, de 3 de novembro de 2005b. Institui parceria entre o Ministério da Educação e o Ministério da Saúde para cooperação técnica na formação e desenvolvimento de recursos humanos na área da saúde. Diário Oficial da União, Brasília [2005]. Disponível em: http://portal.saude.gov.br/portal/arquivos/pdf/B20211820INSTITUIR20PARCERIAENTREOMECe0MSREF.pdf. Acesso em: 17 out. 2013.

CONSELHO FEDERAL DE ODONTOLOGIA. Código de Ética Odontológica. Rio de Janeiro (2003). Disponível em: http://sinog.com.br/downloads/%7BFAC08150-034D-4F69-A683-3FF6121A9FCD%7D_codigo_etica.pdf. Acesso em: 10 nov. 2013

DE ÁVILA REIS, S. M. et al. Formação odontológica: persiste o descompasso entre o perfil do cirurgião-dentista atualmente formado e as demandas da sociedade por saúde bucal. Revista de Educação Popular, v. 8, n. 1, 2010. Disponível em: file:///C:/Users/Werneck/Downloads/20162-Texto%20do%20artigo-76133-1-10-20100602%20(1).pdf. Acesso em: 15 dez. 2019.

FADEL, C. B.; BALDINI, M. H. Percepções de formandos do curso de odontologia sobre as diretrizes curriculares nacionais. Trabalho, Educação e Saúde [on line], v. 11, n. 2, p.339-354, 2013. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S1981-77462013000200005. Acesso em: 10 nov. 2019.

FEITOSA, H. N. et al. Competência de juízo moral dos estudantes de medicina: um estudo piloto. Rev. bras. educ. med., Rio de Janeiro, v. 37, n. 1, p. 5-14, 2013. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022013000100002&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 30 mar. 2020.

FERREIRA, N. D. P.; FERREIRA, A. D. P.; FREIRE, M. D. C. M. Mercado de trabalho na odontologia: contextualização e perspectivas. Rev. odontol. UNESP, Araraquara, v. 42, n. 4, p. 304-309, 2013. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1807-25772013000400011&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 30 mar. 2020.

FINKLER, M.; CAETANO, J. C.; RAMOS, F. R. S. A dimensão ética da formação profissional em saúde: estudo de caso com cursos de graduação em odontologia. Ciênc. saúde coletiva, Rio de Janeiro, v. 16, n. 11, p. 4481-4492, 2011. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232011001200021&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 30 mar. 2020.

FIUZA SANCHEZ, H. et al. A formação de valores e a prática da atenção primária na saúde com estudantes de odontologia. Acta bioeth., Santiago, v. 18, n. 1, p. 101-109, 2012. Disponível em: https://scielo.conicyt.cl/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1726-569X2012000100009&lng=es&nrm=iso. Acesso em: 30 mar. 2020.

FONSECA, E. P. As Diretrizes Curriculares Nacionais e a formação do cirurgião-dentista brasileiro. JMPHC. Journal of Management and Primary Health Care, v. 3, n. 2, p. 158-178, 2013. Disponível em: https://doi.org/10.14295/jmphc.v3i2.154. Acesso em: 30 mar. 2020.

GERBER, V. K. D. Q.; ZAGONEL, I. P. S. A ética no ensino superior na área da saúde: uma revisão integrativa. Rev. Bioét., Brasília, v. 21, n. 1, p. 168-178, 2013. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1983-80422013000100020&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 30 mar. 2020.

GONÇALVES, P. E. O perfil de ensino das disciplinas de bioética, ética profissional (ou deontologia) e odontologia legal das faculdades de odontologia brasileiras. Tese [Doutorado] - Universidade Estadual Paulista. Faculdade de Odontologia de Araçatuba, Araçatuba; 2009.

JUNQUEIRA, C. R. et al. A Formação Humanística, Social e Ética do Graduando em Odontologia. Rev. bras. ciênc. Saúde, v. 14, n. 4, 2010. Disponível em: https://pdfs.semanticscholar.org/7982/a8365296ea1704e2764d1878ddfe227216e6.pdf. Acesso em: 30 mar. 2020.

KOVALIK, A. C. et al. Formação Humanística nos Cursos de Odontologia. Ciências Biológicas e da Saúde, Ponta Grossa, v. 16, n. 1, p. 43-47, 2011. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/283160031_FORMACAO_HUMANISTICA_NOS_CURSOS_DE_ODONTOLOGIA. Acesso em: 15 dez. 2019.

LAZZARIN, H. C.A.; NAKAMA, L.; CORDONI JÚNIOR, L. Percepção de professores de odontologia no processo de ensino-aprendizagem. Ciênc saúde coletiva, v. 15, n. 1, p. 1801-1810, 2010. Disponível em: https://www.scielosp.org/article/csc/2010.v15suppl1/1801-1810/. Acesso em: 27 nov. 2019.

LEMOS, C. L. S.; FONSECA, S. G. D. Saberes e práticas curriculares: um estudo de um curso superior na área da saúde. Interface (Botucatu), Botucatu, v. 13, n. 28, p. 57-69, 2009. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-32832009000100006&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 30 mar. 2020.

LIMA, E. D. N. D. A.; SOUZA, E. C. F. D. S. Percepção sobre ética e humanização na formação odontológica. RGO. Revista Gaúcha de Odontologia [on line]. 2009. 58(2); 231-238. Disponível em: http://revodonto.bvsalud.org/scielo.php?pid=S1981-86372010000200015&script=sci_arttext. Acesso em: 3 fev. 2020.

MATOS, M. S. D.; TENORIO, R. Percepção de alunos, professores e usuários acerca da dimensão ética na formação de graduandos de odontologia. Ciênc. saúde coletiva, Rio de Janeiro, v. 15, supl. 2, p. 3255-3264, 2010. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232010000800031&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 30 mar. 2020.

MEDEIROS, C. C. B. D. M. Projeto pedagógico: abordagens e implicações no âmbito da formação em odontologia. Natal; 2013. Tese [Doutorado] - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2013.

NÓBREGA, L. M. et al. A experiência de estudantes de Odontologia com dilemas éticos. Revista da ABENO [on line], v. 15, n. 4, p. 10-18, 2015. Disponível em: https://revabeno.emnuvens.com.br/revabeno/article/view/213. Acesso: 21 fev. 2020.

PINHEIRO, L. M. G. A formação do cirurgião-dentista nas universidades públicas paulistas: diretrizes curriculares, projetos político-pedagógicos e necessidades sociais. Dissertação [Mestrado] – Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2008.

REGO, I. N. Associação entre estado nutricional, consumo de açúcar e cárie dentária em crianças de 12 anos. Dissertação [Mestrado] – Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2018. Disponível em: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6341. Acesso: 20 jun. 2020.

REIS, S. M. Á. S.; GONÇALVES, L. C.; TOLENTINO, A. B. O professor de Odontologia da perspectiva de seus discentes. Encontro de Pesquisa em Educação, v. 1, n. 1, p. 169-186, 2013. Disponível em: http://revistas.uniube.br/index.php/anais/article/view/707. Acesso: 21 fev. 2020.

RODRIGUES, C. D. S. Competências para a preceptoria: construção no Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde. Tese [Doutorado] - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2012.

SILVA, A. C. et al. Perfil do acadêmico de odontologia de uma universidade pública. Revista de Pesquisa em Saúde, v. 12, n. 1, 2011. Disponível em: http://www.periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/revistahuufma/article/view/920. Acesso: 21 fev. 2020.

TOASSI, R. F. C. et al. Currículo integrado no ensino de Odontologia: novos sentidos para a formação na área da saúde. Interface, Botucatu, v. 16, n. 41, p. 529-544, 2012. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-32832012000200018&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 30 mar. 2020.

VERAS, E. D. S. L. A Formação docente do professor universitário. Revista FSA (Faculdade Santo Agostinho), v. 3, n. 1, 2014. Disponível em: http://189.43.21.151/revista/index.php/fsa/article/view/438. Acesso em: 12 fev. 2020.

WERNECK, R. R. A dimensão ética na formação dos Cirurgiões-Dentistas no Estado de Minas Gerais – Brasil. Tese [Doutorado] – Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, Vila Real, Portugal, 2017.

WERNECK, R. R.; AZEVEDO, M. D. C.; SANTOS PINTO, T. J. Dimensão ética nas faculdades de odontologia no Brasil: por que desenvolvê-la? Afluente: Revista de Letras e Linguística. UFMA/Campus III, v.3, n. 7, p. 46-62, 2018. Disponível em: http://www.periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/afluente/article/view/9146. Acesso em: 30 mar. 2020.

XAVIER, G. M. A formação do cirurgião-dentista no contexto do Sistema Único de Saúde: uma avaliação do ensino de odontologia. Dissertação [Mestrado] – Universidade de Brasília, Brasília, 2013.




DOI: http://dx.doi.org/10.47236/2594-7036.2020.v4.i4.112-123p

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 
Atribuição 

CC BY

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Esta licença permite que outros distribuam, remixem, adaptem e criem a partir do seu trabalho, mesmo para fins comerciais, desde que lhe atribuam o devido crédito pela criação original. 

Contato:
Revista Sítio Novo
Kallyana Moraes Carvalho Dominices
Editora-Chefe
Instituto Federal do Tocantins - Reitoria
Avenida Joaquim Teotônio Segurado, Quadra 202 sul, ACSU-SE 20, Conjunto 01, Lote 08 - Plano Diretor Sul
Palmas, Tocantins - Brasil
Cep: 77.020-450
Telefone: 63 3229-2214

e-ISSN: 2594-7036

 

Bases de Dados, Diretórios, Repositórios e/ou Indexadores

 GoogleScholar  BASE - Bielefeld Academich Search EngineResultado de imagem para logo cabi abstracts Crossref Similarity Check