Estudo da retenção no curso de Bacharelado em Engenharia Civil do IFMG - Campus Piumhi

Henrique Martins Cardoso, Gabriela Fernandes de Castro Souza, Denilson Junio Marques Soares

Resumo


O presente artigo tem como objetivo analisar as possíveis causas do elevado índice de retenção em disciplinas elementares dos discentes do curso de Bacharelado em Engenharia Civil do Instituto Federal de Minas Gerais – Campus Piumhi. Trata-se de uma pesquisa descritiva e de abordagem quantiqualitativa que utiliza como fontes dados oriundos da secretaria acadêmica e depoimentos de discentes da instituição. Os resultados apontaram que as deficiências oriundas do ensino básico podem ser a principal responsável pelo mau desempenho de estudantes nas disciplinas analisadas, sugerindo que disciplinas introdutórias desenvolvidas para compensar as deficiências provenientes do ensino básico podem ser um instrumento eficaz para a melhoria do desempenho do universitário e, consequentemente, da qualidade da educação superior. Espera-se que este trabalho contribua para a discussão acerca dessa temática e auxilie os gestores nos processos de tomada de decisão a ela relacionados.


Palavras-chave


Retenção. Reprovação Escolar. Disciplinas elementares. Engenharia Civil.

Texto completo:

PDF

Referências


BARROSO M. F.; FALCÃO, E. B. M. Evasão universitária: o caso do Instituto de Física da UFRJ. In: Encontro Nacional de Pesquisa em Ensino de Física, 9., 2004, Jaboticatubas. Anais [...]. Jaboticatubas: Sociedade Brasileira de Física, 2004. p. 1-14. Disponível em: https://www.if.ufrj.br/~carlos/pef/materiais/marta-epef2004-evasao-co12-2.pdf. Acesso em 21 jul. 2020.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Superior. Diplomação, retenção e evasão nos cursos de graduação em instituições de ensino superior públicas. Brasília, DF: Ministério da Educação, 1997.

CARRANO, D. P.; BERTASSI, A. L.; MELO-SILVA, G. Efetividade do Pnaes enquanto política pública do Estado para o combate à evasão universitária na UFSJ. Educação Online, v. 13, n. 28, p. 1-19, 2018.

CUNHA, J. V. A.; NASCIMENTO, E. M.; DURSO, S. O. Razões e influências para a evasão universitária: um estudo com estudantes ingressantes nos cursos de Ciências Contábeis de instituições públicas federais da Região Sudeste. Advances in Scientific and Applied Accounting, v. 9, n. 2, p. 141-161, 2016.

ESQUINCALHA, A. et al. Un estado del conocimiento de las investigaciones sobre pre-cálculo en Brasil. Unión-Revista Iberoamericana de Educación Matemática, v. 16, n. 58, p. 48-63, 2020.

GARZELLA, F. A. C. A disciplina de Cálculo I: a análise das relações entre as práticas pedagógicas do professor e seus impactos nos alunos. 2013. 298 f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Estadual de Campinas, São Paulo, 2013.

MILLER, N.; HERNÁNDEZ, A. Incidencia del curso de Pre-cálculo en el desempeño en Cálculo I para estudiantes de primer ingreso de la Universidad Tecnológica de Panamá. Revista Tecnológica de P&D, v. 7, n. 1, 2016. Disponível em:

https://revistas.utp.ac.pa/index.php/id-tecnologico/article/view/100. Acesso em: 21 jul. 2020.

OLIVEIRA, R. T. D.; BARBOSA, E. D. Retenção dos discentes de Administração da UFS: fatores condicionantes e ações da gestão acadêmica. Administração: Ensino e Pesquisa, v. 17, n. 2, p. 355, 2016.

PAIVA, W. A. P. Acesso, permanência estudantil e políticas de educação superior: implicações para a garantia ao direito à educação superior. In: SEMINÁRIO NACIONAL DE SERVIÇO SOCIAL, TRABALHO E POLÍTICA SOCIAL, 1., 2015, Florianópolis. Anais [...]. Florianópolis: UFSC, 2017. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/180809. Acesso em: 21 jul. 2020.

RIOS, J. R. T.; SANTOS, A. P. dos; NASCIMENTO, C. Evasão e retenção no ciclo básico dos cursos de engenharia da Escola de Minas da UFOP. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENSINO DE ENGENHARIA, 84., 2001, Porto Alegre. Anais [...]. Porto Alegre: PUCRS, 2001. Disponível em: http://www.abenge.org.br/cobenge/arquivos/18/trabalhos/APP020.pdf. Acesso em: 19 jul. 2020.

RISSI, M. C.; MARCONDES, M. A. S. (org.). Estudo sobre a reprovação e retenção nos cursos de graduação: 2009. Londrina: UEL, 2011. 168 p.

SANTOS, F. A. C. et al. Evasão no IFMG- Campus Piumhi: Estudo de Caso no Curso Técnico Subsequente em Edificações. Revista Científica Multidisciplinar Núcleo do Conhecimento, [s. l.], ano 05, ed. 01, v. 07, p. 65-78, 2020. Disponível em: https://www.nucleodoconhecimento.com.br/engenharia-civil/evasao-no-ifmg. Acesso em 19 jul. 2020. Doi: http://dx.doi.org/10.32749/nucleodoconhecimento.com.br/engenharia-civil/evasao-no-ifmg.

SCHER, A. J.; OLIVEIRA, E. M. Acesso e permanência estudantil na Universidade Federal da Fronteira Sul-Campus Realeza/PR. Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior, Campinas, v. 25, n. 1, p. 5-26, 2020.

SILVA, I. J. A. et al. Estratégias das Coordenações dos Cursos de Ciências Contábeis para Combater a Evasão. In: CONGRESSO USP DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA EM CONTABILIDADE, 14., 2017, São Paulo. Anais [...]. São Paulo: USP, 2017. Disponível em:

https://congressousp.fipecafi.org/anais/AnaisCongresso2017/ArtigosDownload/190.pdf. Acesso em: 21 jul. 2020.

VANZ, S. A. S. et al. Evasão e retenção no curso de Biblioteconomia da UFRGS. Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior, Campinas, v. 21, n. 2, p. 541-568, 2016. Disponível em http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-40772016000200541&lng=pt&nrm=iso. Acesso em: 19 jul. 2020. Doi: http://dx.doi.org/10.1590/S1414-40772016000200012.

VIDAL, et al. Proposição de um curso de matemática básica e seu impacto na primeira avaliação de cálculo integral e diferencial I. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE EDUCAÇÃO EM ENGENHARIA (COBENGE), 44., 2016, Natal. Anais [...]. Natal: UFRN, 2016. Disponível em: https://petemb.paginas.ufsc.br/files/2017/03/Trabalhos-Cobenge_2016-Matematica.pdf. Acesso em: 21 jul. 2020.




DOI: http://dx.doi.org/10.47236/2594-7036.2021.v5.i1.56-64p

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 
Atribuição 

CC BY

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Esta licença permite que outros distribuam, remixem, adaptem e criem a partir do seu trabalho, mesmo para fins comerciais, desde que lhe atribuam o devido crédito pela criação original. 

Contato:
Revista Sítio Novo
Kallyana Moraes Carvalho Dominices
Editora-Chefe
Instituto Federal do Tocantins - Reitoria
Avenida Joaquim Teotônio Segurado, Quadra 202 sul, ACSU-SE 20, Conjunto 01, Lote 08 - Plano Diretor Sul
Palmas, Tocantins - Brasil
Cep: 77.020-450
Telefone: 63 3229-2214

e-ISSN: 2594-7036

 

Bases de Dados, Diretórios, Repositórios e/ou Indexadores

 GoogleScholar  BASE - Bielefeld Academich Search EngineResultado de imagem para logo cabi abstracts Latindex – Interciencia PortuguêsSubmissões


Utilizamos o seguinte software de detectação de similaridade:

Crossref Similarity Check