O programa Qualidade de Vida na perspectiva dos colaboradores do Instituto Federal do Tocantins – IFTO, unidade Reitoria.

Fernanda Pires Nogueira, Diego Silva Carvalho, Carine de Oliveira Nunes, Rafaela Aires Tavares Santos

Resumo


O objetivo desse estudo é analisar a efetividade do programa de qualidade de vida estabelecido na reitoria do Instituto Federal do Tocantins pela percepção dos servidores, estagiários e terceirizados da organização. Para a consecução deste objetivo, foi realizada pesquisa bibliográfica sobre o tema, pesquisa documental no projeto do programa e nas notícias do site institucional, questionário aplicado com os beneficiários do programa e entrevista com a coordenadora de benefícios e qualidade de vida do órgão. Concluiu-se, nesta pesquisa, que os beneficiários do programa o percebem como efetivo, indicando que as ações desenvolvidas tiveram impactos positivos em suas vidas, entretanto verificou-se algumas limitações, como a não institucionalização do programa, falta de disseminação da responsabilidade da gestão de QVT em todos os setores da organização e restrições financeiras e de pessoal.

Palavras-chave


Qualidade de vida no trabalho. Organização pública. Programa.

Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, Everton Fernando. Programas e ações em qualidade de vida no trabalho. Interfac EHS-Revista de Saúde, Meio Ambiente e Sustentabilidade, São Paulo, v.6, n. 1, p. 70-78, 2011.

AMORIM, T. N. G. F. Qualidade de vida no trabalho: preocupação também para servidores públicos? Revista Eletrônica de Ciência Administrativa-RECADM, Curitiba, v. 9, n. 1, p. 35-48, 2010.

BRASIL. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Secretaria de Gestão pública. Portaria normativa nº 3, de 25 de março de 2013. Brasília, 2013.

BRASIL. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Secretaria de Recursos Humanos. Portaria nº 783, de 07 de abril de 2011. Brasília, 2011

BRASIL. Presidência da República. Decreto 6.833, de 29 de abril de 2009. Brasília, 2009.

CHEIBUB, Zairo B. Reforma administrativa e relações trabalhistas no setor público: dilemas e perspectivas. Revista brasileira de ciências sociais, São Paulo, v.15, n. 43, p. 115-146, 2000.

CHIAVENATO, Idalberto. Comportamento organizacional: a dinâmica do sucesso das organizações. 3. Ed. Barueri: Manole, 2016.

FERREIRA, Mário César; ALVES, Luciana; TOSTES, Natalia. Gestão de qualidade de vida no trabalho (QVT) no serviço público federal: o descompasso entre problemas e práticas gerenciais. Psicologia: teoria e pesquisa, Brasília, v.25, n.13, p. 319-327, 2009.

FERREIRA, Nancy Vieira. Perfil da aposentadoria por invalidez em servidores públicos municipais do Rio de Janeiro de 1997 a 2008. 2010. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) – Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Rio de Janeiro.

GERHARDT, T. E.; SILVEIRA, D. T. Métodos de pesquisa. Porto Alegre: UFRGS, 2009.

IFTO. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins. Projeto do Programa Qualidade de Vida - PQV “Aprendendo a Viver Melhor”, Palmas, 2014.

IFTO. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins. Estatuto, Palmas, 2009.

IFTO. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins. Regimento Geral, Palmas, 2011.

IORKIRKI, Cássia Renata Baruffi; RISSI, Vanessa. Avaliação da qualidade de vida no trabalho: estudo de caso no setor público. Revista de Administração e Ciências Contábeis do IDEAU, Getúlio Vargas, v.4, n.8, p. 2-14, 2008.

LOPES, Estefânia Câmara Santos; SETA, Marismary Horsth De. Qualidade de vida no trabalho segundo os servidores públicos de um centro de pesquisas. Cadernos UniFOA, Volta Redonda, n. 39, p.59-68, abril 2019.

MACHADO, Nelson, et al. Gestão baseada em resultado no setor público: uma abordagem didática para implementação em Prefeituras, Câmaras Municipais, Autarquias, Fundações e Unidades Organizacionais. São Paulo: Atlas, 2012.

MARQUEZE, Elaine Cristina and MORENO, Claudia Roberta de Castro. Satisfação no trabalho - uma breve revisão. Rev. bras. saúde ocup. [online]. 2005, vol.30, n.112, pp.69-79. ISSN 0303-7657. https://doi.org/10.1590/S0303-76572005000200007.

MARTINEZ, Maria Carmen; PARAGUAY, Ana Isabel Bruzzi Bezerra. Satisfação e saúde no trabalho: aspectos conceituais e metodológicos. Cadernos de Psicologia Social do Trabalho, São Paulo, v. 6, p. 59-78, 2003.

PALAZZO, Raphael Gomes de Araújo. Programa Qualidade de Vida: o caso do IFTO – Palmas. 2016. Dissertação (Mestrado em Gestão de Políticas Públicas) - Fundação Universidade Federal do Tocantins, Palmas.

RODRIGUES, Rosângela Rocio Jarros. Qualidade de vida no trabalho e ações socioambientais sustentáveis. Revista Psicologia e Saúde, Campo Grande, v. 7, n. 2, p.177-185, 2015.

RUEDA, Fabián Javier Marín; SANTOS, Acácia Aparecida Angeli dos; LIMA, Robisom Carlos de. Relação entre satisfação no trabalho e clima organizacional: um estudo com trabalhadores. Boletim de Psicologia, 2016, 62.137: 129-140.

SANT’ANNA, Anderson de Souza; KILIMNIK, Zélia Miranda. Qualidade de vida no trabalho: abordagens e fundamentos. Rio de Janeiro: Elsevier, 2012.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 
Atribuição 

CC BY

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Esta licença permite que outros distribuam, remixem, adaptem e criem a partir do seu trabalho, mesmo para fins comerciais, desde que lhe atribuam o devido crédito pela criação original. 

Contato:
Revista Sítio Novo
Kallyana Moraes Carvalho Dominices
Editora-Chefe
Instituto Federal do Tocantins - Reitoria
Avenida Joaquim Teotônio Segurado, Quadra 202 sul, ACSU-SE 20, Conjunto 01, Lote 08 - Plano Diretor Sul
Palmas, Tocantins - Brasil
Cep: 77.020-450
Telefone: 63 3229-2214

e-ISSN: 2594-7036

 

Bases de Dados, Diretórios, Repositórios e/ou Indexadores

 GoogleScholar  BASE - Bielefeld Academich Search EngineResultado de imagem para logo cabi abstracts Latindex – Interciencia PortuguêsSubmissões


Utilizamos o seguinte software de detectação de similaridade:

Crossref Similarity Check