Segurança alimentar e apresentação dos cortes dos alimentos na abordagem de introdução alimentar baby led weaning

Ana Paula Ferreira de Almeida, Ana Maria de Abreu Siqueira, Fernanda Tayla de Sousa Silva, Tatiane Ferreira de Almeida

Resumo


O objetivo do presente estudo foi definir formas seguras de apresentação dos alimentos na abordagem de introdução alimentar Baby Led Weaning. Foram escolhidos alimentos dos seguintes grupos alimentares: frutas, legumes e verduras, cereais, leguminosas e carnes, e que passaram por etapas de pré-preparo e preparo para serem submetidos a cortes em pedaços de forma que sejam ofertados para o bebê conforme seu desenvolvimento. As análises das amostras dos cortes dos alimentos ocorreram por meio de registros fotográficos, sendo classificados de acordo com o tipo de preensão: palmar, pinça e preensão superior do indicador (habilidade para manusear talher). Dessa forma, conclui-se que existem formas de apresentações adequadas e seguras para introduzir alimentos sólidos na nova abordagem de introdução alimentar Baby Led Weaning de acordo com as habilidades do bebê, proporcionando assim benefícios para o seu desenvolvimento motor, cognitivo e nutricional.


Palavras-chave


Alimentação Complementar. Baby Led Weaning. Desenvolvimento infantil. Nutrição Infantil.

Texto completo:

PDF

Referências


BALDIOTTI, E. Mundo BLW minha experiência. Nova edição. Brasil: Much: 2018.

BLY, L. Motor skills acquision in first year: a illustrated guide to nor-mal development. Tucson: Terapy Skill Buibers, 1994.

BRANDÃO, J.S. Desenvolvimento Psicomotor da Mão. Rio de Janeiro: Enelivros, 1984.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Saúde da criança: aleitamento materno e alimentação complementar / Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica. 2.ed, Brasília: Ministério da Saúde, 2015. 184 p. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/saude_crianca_aleitamento_materno_cab23.pdf, acesso em 12 fev. 2019.

BROWN, A.; LEE, M. A descriptive study investigating the use and nature of baby-led weaning in a UK sample of mothers. Maternal & Child Nutrition, v.7, n.1, p.34-47, 2010.

BUENO A.L; CZEPIELEWSKI M.A. Micronutrientes envolvidos no crescimento. H.C.P.A., Porto Alegre, v. 27, n. 3, p. 48-54, 2007.

CARRUTH, B.R.; SKINNER, J.D. Feeding behaviors and other motor development in healthy children (2-24 months). Journal of the American College of Nutrition, v.21, n.2, p.: 88-96, 2002.

CORIAT, L.F. Maturação psicomotora no primeiro ano de vida da criança. 3. ed. São Paulo: Moraes, 1991.

CRUZ, D.M.C. Brincar é estimular? Preensão, função manual e sua estimulação em pré- escolares com paralisia cerebral do tipo hemiparesia espástica. 2006. Dissertação de Mestrado - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2006.

DIAMENT, A. Exame neurológico do lactente. 4. ed. Rio de Janeiro: Atheneu, 2005.

DIAS, M.C.A.; FREIRE, L.M.S.; FRANCESCHINI, S.C.C. Recomendações para alimentação complementar de crianças menores de dois anos. Rev. Nutr., Campinas, v. 23, n. 3, p. 475– 486, 2010.

GALLAHUE, D.; OZMUN, J. Understanding motor development: infants, children, adolescents, adults (International edn). New York: McGraw-Hill Higher Education, 2002.

GARTNER, L. M.; Morton J, LAWRENCE, R.A.; NAYLOR, A.J.; O’HARE, D.;

SCHANLER, R.J. Breastfeeding and the use of human milk. Pediatrics, v.2, n.115, p.496–506, 2005.

GODOY, A.S. Introdução à pesquisa qualitativa e suas possibilidades. Revista de Administração de Empresas, São Paulo, v.35, n.2, p.57-63, mar./abr. 1995.

HOWLE, J.M. Neuro-developmental treatment approach: theoretical foundations and principles of clinical practice. Canadá: NTDA (The North American Neuro-Developmental Treatment Association), 2002.

HURLEY, K.M.; BLACK, M.M. Introduction to a Supplement on Responsive Feeding: Promoting Healty Growth and Development for Infants and Toddlers. Journal of Motor Behavior, v.24, n.2, p. 210-220, 2011.

KEENAN, T.; EVANS, S. An Introduction to child development. 2.ed. London: Sage Publications. 2009.

MEYERHOF, P.G. O desenvolvimento normal da preensão. Journal of Human Growth And Development, v.4, n.2, p.30-34, 1994.

NAYLOR, A.J. Infant oral motor development in relation to the duration of exclusive breastfeeding’, in Naylor, A.J. and Morrow, A. (eds.) Developmental Readiness of Normal Full Term Infants to Progress from Exclusive Breastfeeding to the Introduction of Complementary Foods: Reviews of the Relevant Literature Concerning Infant Immunologic, Gastrointestinal, Oral Motor and Maternal Reproductive and Lactational Development. Washington, D.C.: Wellstart International and the LINKAGES Project Academy for Educational Development, p.:21-26, 2011.

PADOVANI, A.R. Introdução Alimentar Participativa. 2015. Disponível em:

. Acesso em: 02 abr. 2019.

PADOVANI, A.R. Guia prático para iniciar o baby-led weaning. 2017. Disponível em: < https://conalco.com.br/blw-guia-pratico-para-iniciar-o-blw/ >. Acesso em: 04 abr. 2019.

POUNTNEY, T. Fisioterapia pediátrica. Rio de Janeiro: Elsevier, 2008.

RAPLEY, G.; MURKETT, T. Baby-led weaning: helping your baby to love good food. London: Vermillon, 2008.

RAPLEY, G. Baby-led weaning: transitioning to solid foods at the baby’s own pace. Rev. Community Practitioner, v.84, p.20–23, 2011.

RAPLEY, G; MURKET,t. . Baby-led weaning: o desmame guiado pelo bebê. São Paulo: Timo, 2017.

ROCHAT, P. Self-Sitting and Reaching in 5- to 8-Month-Old Infants: the impact of posture and its development on early eye-hand coordination. Journal Of Motor Behavior, [S.L.], v. 24, n. 2, p. 210-220, jun. 1992. Informa UK Limited. http://dx.doi.org/10.1080/00222895.1992.9941616

ROCHAT, P.; GOUBET, N. Development of sitting and reaching in 5- to 6-month-old infants’. Infant Behavior & Development, v.18, p: 53-68, 1995.

SEAMAN, C, D.; ALESSANDRO, S.; SWANNIE, M. Choice of weaning foods. British Food Journal v. 98, p: 13–16, 1996.

SHERIDAN, M. Children’s Developmental Progress. Windsor, Berks: NFER, 1973.

SMITSMAN, A.W.‘Action in infancy – perspectives, concepts, and challenges: The development of reaching and grasping’, in Bremner, G. and Fogel, A. Blackwell Handbook of Infant Development. Oxford: Blackwell Publishing Ltd., p.:71-98, 2004.

WHO. World Health Organization/UNICEF: Global Strategy for Infant and Young Child Feeding. Geneva. 2003. Disponível em:

Acesso em: 12 fev. 2019.

WRIGHT, C.M.; CAMERON, K.; TSIAKA, M.; PARKINSON, K.N. ‘Is baby-led weaning feasible? When do babies first reach out for and eat finger foods?’, Maternal & Child Nutrition, v.7, n. 1, p.: 27-33, 2011.




DOI: http://dx.doi.org/10.47236/2594-7036.2021.v5.i1.158-170p

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 
Atribuição 

CC BY

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Esta licença permite que outros distribuam, remixem, adaptem e criem a partir do seu trabalho, mesmo para fins comerciais, desde que lhe atribuam o devido crédito pela criação original. 

Contato:
Revista Sítio Novo
Kallyana Moraes Carvalho Dominices
Editora-Chefe
Instituto Federal do Tocantins - Reitoria
Avenida Joaquim Teotônio Segurado, Quadra 202 sul, ACSU-SE 20, Conjunto 01, Lote 08 - Plano Diretor Sul
Palmas, Tocantins - Brasil
Cep: 77.020-450
Telefone: 63 3229-2214

e-ISSN: 2594-7036

 

Bases de Dados, Diretórios, Repositórios e/ou Indexadores

 GoogleScholar  BASE - Bielefeld Academich Search EngineResultado de imagem para logo cabi abstracts Latindex – Interciencia PortuguêsSubmissões


Utilizamos o seguinte software de detectação de similaridade:

Crossref Similarity Check